Buenos Aires, viajando com sentido: entendendo o porquê de visitar cada local

Viajar é um tema que está bem em alta. Mas aqui, no Mind the G4p, viemos trazer um conceito de viagem, um pouco diferenciado. Viajar é preciso, alimenta a alma e deixa a vida mais feliz. O que está escasso mesmo é um tipo de viagem mais profunda.

Não viajamos para postar foto no instagram (mas também postamos é claro, afinal, assim conseguimos te incentivar a fazer o mesmo), apenas. Viajamos para vivenciar experiências e mergulhar fundo na cultura de um país, do seu povo. Afinal, já diziam os índios da tribo Huni Kuin (aqui do Brasil, no Acre):

“quando você não está na sua terra, a única coisa que te representa é a sua cultura.”

Assim resolvemos embarcar à fundo nessa ideia. E quem sabe te trazer para esse novo mundo das viagens que visam experiência e troca?!

Aperte o cinto que hoje vamos embarcar fundo numa viagem por Buenos Aires (e se bobear, você já foi para lá, mas não sabia da metade das coisas que vou falar aqui).  Então um pouco do por quê de conhecer os principais pontos turístico de Buenos Aires e, no finalzinho, um top 10 com gostinho de feriado nesse inverno :gostoso!

 

Pontos Turísticos – Feriado em Buenos Aires, Argentina

  • Catedral Metropolitana
    É de onde veio o papa pop! =)
    Matriz da arquidiocese de Buenos Aires, foi construída na mesma época do El Cabildo. Foi submetida a diversas reformas inspiradas no Palácio de Bourbon, de estilo neoclássico, e conta com 12 colunas coríntias em sua fachada, que simbolizam os 12 apóstolos. Em seu interior, fica o mausoléu do General San Martín, libertador da Argentina, que liderou as lutas contra os colonizadores espanhóis.
    Calle San Martín, 27
    Todos os dias
    Consulte o site
    Entrada Gratuita
  • Casa Rosada
    O museu da Casa Rosada, que fica no subsolo, é o único local de acesso público que reúne a coleção de objetos de antigos presidentes.
    Atualmente, é a sede da presidência do país. Também chamada de Casa do governo, entre os séculos XVI e XIX abrigou o Forte de BA, que concentrava os poderes político e militar da cidade. A origem de sua principal característica, a cor rosada, foi adotada no século XIX durante o governo de Sarmiento.
    Balcarce, 50
    Sábados, domingos e feriados
    10h às 18h
    Entrada Gratuita
  • Plaza de Mayo
    Onde fica a Casa Rosada. Ao seu redor, estão a Catedral Metropolitana e o Cabildo.
    Entre as Av. Rivadavia e Av. Hipólito Yrigoyen
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Puente de La Mujer
    Obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, a ponte retrátil com 160mt de comprimento e 5mt de altura, foi inspirada na imagem de um casal dançando tango. Inaugurada em 2001, faz parte do projeto de reurbanização da região de Puerto Madero.
    Dique 3 Puerto Madero
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Fragata Sarmiento
    Fragata construída na Inglaterra para funcionar como uma escola naval em 1897. Depois de 39 viagens, está hoje aportada ao Dique III do Puerto Madero. Após diversas viagens internacionais, a embarcação reduziu suas viagens apenas para a região do Rio La Plata, Paraná e Uruguai. Em 1964, parou de navegar e virou um museu. Seu nome é uma homenagem ao presidente Domingo Faustino Sarmiento, que fundou a Escola Naval Militar em 1872.
    Dique 3 Puerto Madero
    Todos os dias
    10h às 19h
    2
  • El Cabildo
    Você pode reservar uma visita guiada (apenas para grupos) pelo email [email protected]
    Erguido em 1609 como sede administrativa da coroa espanhola, o edifício colonial está entre os mais antigos de BA. Destaque para o relógio da torre, que foi trazido de Cádiz, Espanha. É um dos principais pontos da Revolução de Mayode 1810, quando o povo clamou por independência.
    Bolívar, 65
    Todos os dias exceto 2ªs e 3ªs
    10h30 às 18h
    10
  • Cafe Tortoni
    Experimentar as empanadas e o croissant.
    É o paradigma do café portenho. Foi inaugurado em 1858 e era muito frequentado por grupos de pintores, escritores, jornalistas e músicos. Lá dentro, parece que o mundo parou na época do bilhar, onde as pessoas iam para o café encontrar seus amigos. E é, cada vez mais, parte indispensável da história portenha
    Av. de Mayo, 825
    Todos os dias
    8h às 15h
    Só paga o que consumir
  • Obelisco e Plaza de la Republica
    Com 67 mts de altura e inaugurada em 1963 para celebrar os 400 anos da 1ª tentativa de fundação de Buenos aires, é um dos principais cartões postais da cidade. A praça foi cenário do 1º hasteamento da bandeira argentina em 1812. Hoje é muito usada para celebrar conquistas, principalmente futebolísticas.
    Cruzamento da Av. Corrientes com a 9 de Julio
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Teatro Nacional Cervantes
    Consultar site para ver atrações.
    Monumento histórico artístico do país, é o único a receber o título de Teatro Nacional. Sua arquitetura de estilo renascentista espanhol, reproduz a sua fachada da Universidad de Alcalá de Henares, na Espanha. A bela decoração é destaque, com tapeçaria madrilenha e azulejos valencianos.
    Av. Córdoba, 1.155
    Quarta
    14h
    25
  • Av. 9 de Julio
    Principal via portenha, é o corredor norte-sul da capital, ligando a Plaza del Libertador a Plaza Constituición. Seus 140mt de largura lhe conferem o título de avenida mais larga do mundo. Para sua construção, em 1930, foram derrubados 5 quarteirões inteiros.
    Centro
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Manzana de las Luces
    Trata-se de um território cedido à Cia de Jesus por Isabel de Carvajal em 1859, ocasião em que, por motivos de segurança e defesa militar de BA, os jesuítas foram obrigados a abandonar a Igreja, o colégio e a residência construída, onde é hoje a Plaza de Mayo. Ao longo dos anos , aqui se instalaram bibliotecas, museu, colégios, universidade, academia de desenho e jornal. Por concentrar toda essa referência cultural, em 1821, influenciada pelo iluminismo, foi assim nomeada. Apesar da expulsão dos jesuítas em 1767, ainda hoje é possível apreciar parte de sua herança. Além dos prédios históricos, o local abriga galerias subterrâneas do século XVII.
    Calle Peru, 272
    Todos os dias
    15h durante a semana e 15h, 16h30 e 18h aos fins de semana e feriados
    12
  • Zoo Lujan
    Mesmo sendo dóceis, na hora de entrar na jaula de animais como leões e tigres, eles pedem para que as pessoas retirem qualquer roupa chamativa ou que pode parecer brinquedo para os felinos, como cordões, cachecóis ou luvas. Na hora da foto, eles recomendam que se fique na lateral, da metade do animal para trás, e acariciando apenas as costas.
    Fundada em 1994, tem suas atividades voltadas para cuidado das espécies, reprodução e conservação dos animais e dos parques, sustentados apenas com arrecadações dos ingressos.
    Acesso Oeste Km 58
    Todos os dias
    A partir das 9h
    de 300 a 600 dependendo do tour que contratar
  • Plaza San Martín
    Local onde a partir de 1812, o General San Martín treinou o Regimento de Granaderos a Caballo, importante vertente do Exército dos Andes, que libertou a Argentina, o Peru e o Chile do poder dos espanhóis. Antes disso, a praça foi palco de batalhas durante as invasões inglesas de 1806-1807, recebendo o nome de Praça de Marte, deus romano da guerra.
    Bairro do Retiro
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Torre de los Ingleses
    … ou Torre Monumental, foi construída por residentes britânicos na cidade, para comemorar o centenário da Revolución de Mayo. Após a Guerra das Malvinas, em 1982, a Torre dos Ingleses foi rebatizada com seu nome original: torre monumental.
    Av. del Libertador, 49 – Retiro
    Todos os dias
    10h às 17h (sáb, dom e feriado de 9h às 18h)
    Entrada Gratuita
  • Galerías Pacifico
    É um shopping que possui sua arquitetura no estilo Beaux-Arts. Sua fachada é imponente e muito bonita. O teto do pavimento central é um show à parte. Ao longo do shopping você pode apreciar diversos painéis pintados por artistas renomados.
    Calle Florida com Av. Córdoba
    Todos os dias
    10h às 21h
    Só paga o que consumir/comprar
  • Calle Florida
    Ótimo para trocar moeda.
    Rua exclusivamente de pedestres, possui diversas lojas e restaurantes e liga a região do Retiro até a Plaza de Mayo. Artesãos e ambulantes estão presentes o dia todo, mas suas atividades só são autorizadas no período noturno. Por isso, vai reparar que eles ficam lá parecendo até ilegais.
    da Av. Corrientes até a Plaza San Martín
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Teatro Cólon
    Consulte o site para ver atrações.
    É a principal casa de espetáculos da Argentina e um dos mais respeitados teatros de ópera do mundo. Símbolo da era da prosperidade de 1908, mescla elementos da renascença alemã, francesa, italiana e grega na sua arquitetura. A sala principal, em formato de ferradura e com 33 mt de diâmetro, tem 22 fileiras e capacidade para 2.500 espectadores. É muito famosa pela sua acústica.
    Av. Cerrito, 618
    Todos os dias
    9h às 20h
    110
  • La Bombonera
    Visita indispensável para os fãs de futebol. Tem um museu lá também.
    É o estádio do Clube Atlético Boca Juniors, conhecido como Boca! Um dos principais times do futebol argentino e time de Diego Maradona. Construído em 1940, em 2000 foi rebatizado de Alberto J. Armando, em homenagem ao ex-presidente da agremiação. Porém não importa a nomenclatura, devido ao seu formato que parece uma caixa de bombom, o estádio continua sendo chamado de La Bombonera.
    Calle Brandsen, 805
    Todos os dias
    10h às 19h
    60
  • El Caminito
    Experimentar o obrero e comprar alfajores Cachafaz.
    A rua foi construída em 1950 a partir de uma iniciativa de vizinhos boquenses, que desejavam recuperar a área onde havia uma linha de trem abandonada. Seu nome é uma homenagem do pintor Benito Quinquela, um dos vizinhos, a um famoso tango composto pelo também boquense Juan de Dios Filiberto, em 1926. Reconhecendo seu valor, o Governo Municipal, em 1959 concedeu o título de Museo de Belas Artes ao Ar Libre Caminito, à iniciativa popular.
    Bairro de La Boca
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Tango Porteño
    O tango, um dos principais atrativos da cidade, foi declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Os shows costumam durar cerca de 4h e você pode optar em ver apenas o espetáculo ou ter o acompanhamento de um jantar.
    Possui uma apresentação de tango bem comercial e teatral. No show que vimos, foi possível ver o tango tanto dançado quanto cantado ao vivo com banda, estilo musical. O espetáculo retratou a década de 1940, época de ouro do tango. No jantar, eles oferecem uma cozinha no estilo portenho.
    Calle Cerrito, 570
    Todos os dias
    A partir de 10h30
    720 (sem jantar)
  • El Grand Ateneo
    Tente visitar à noite, para apreciar a iluminação.
    Foi escolhida pelo jornal britânico The Guardian como a 2ª livraria mais charmosa do mundo. Foi instalada no antigo teatro Ateneo Grand Splendid. Oferece um lugar para leitura, uma bar & café e um espaço infantil. A livraria continua com o esplendor do teatro, com a cúpula pintada, as varandas originais, ornamentação intacta e até as cortinas de veludo.
    Av. Santa Fe, 1860
    Todos os dias
    09h às 00h
    Só paga o que consumir/comprar
  • MARQ: Museo de Arquitectura y Deseño
    Graças a ele, dá para apreciar tantos locais bem preservados em BA.
    Foi fundado em 1886 pela Sociedade Central de Arquitetos com o objetivo de preservar, reunir e mostrar o patrimônio arquitetônico nacional e internacional.
    Av. Libertador, 999
    Todos os dias, exceto segunda
    13h às 20h
    Entrada Gratuita
  • Torso Masculino Desnudo
    Piadinha da guia do city tour: é comumente conhecido como “el retrato del hombre argentino”.
    Localizado no Parque Thays, na Recoleta, é uma obra do pintor e escultor Fernando Botero, e foi inaugurado em 1994.
    Av. Figueroa Alcorta e Av. Callao
    Todos os dias
    15h às 20h e 10h às 20h (fim de semana)
    Entrada Gratuita
  • Faculdad de Derecho
    Muitas pessoas usam esse prédio de paisagem para ensaios fotográficos.
    Sede da Faculdade de Direito desde 1949, tem estilo neoclássico e colunas dóricas. É um dos prédios mais clicados pelos turistas.
    Av. Figueiroa Alcorta, 2.263
    2ª a 6ª
    9h às 19h
    Entrada Gratuita
  • Floralis Genérica
    Tem 18ton de aço inoxidável.
    Obra do arquiteto argentino Eduardo Catalano, esta imponente flor metálica de 6 pétalas foi inaugurada em 2002. Fica sobre um espelho d’água, proporcionando um belíssimo reflexo do sol no aço, que gera um efeito de luzes.
    Plaza de las Naciones Unidas (Av. Presidente Figueiroa Alcorta com Calle Austria)
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Plaza Grand Bourg
    Tem um monumento que representa San Martín, como um civil e ancião, e recebeu o nome de Abuelo Inmortal. Foi inaugurado em 1950 para comemorar seu centenário de falecimento e foi criado pelo escultor argentino Angel Ibarra García.É o único em que se pode ver San Martín sem trajes militares.
    Calle Rufino de Elizalde
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • MALBA: Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires
    Abriga em seu interior a coleção de Eduardo F. Constantini, fundador desse museu privado, cujo espaço é destinado à coleção, conservação, estudo e difusão da arte latino-americana desde o início do século XX. Foi construído em 1988, para abrigar a coleção de suas obras de arte.
    Figueroa Alcorta, 3.415 – Palermo
    Todos os dias exceto 3ª
    12h às 20h (quarta de 12h às 21h)
    40
  • Jardín Japonés
    Veja no site, se em algum dia pela sua passagem por BA terá algum evento cultural no Jardim.
    É um autêntico Jardim Japonês doado pela comunidade nipônica em 1979. Possui lago com carpas coloridas, cachoeiras, jardim seco no estilo zen, espaço para meditação, casa de chá e restaurante. Também acolhe atividades e palestras relativas à cultura japonesa, promovidas pela Fundação Cultural Argentino-Japonesa, administradora do jardim.
    Av. Casares 2966
    Todos os dias
    10h às 18h
    32
  • Plaza Italia
    Começou a ser construído em 1898 e nomeada em 1909. O primeiro trem elétrico de BA saiu dessa praça em 1894 – anteriormente chamada de Plaza de los Portones, pois possuía 2 grandes portões que existem até hoje, mas agora ficam na entrada da Av. Sarmiento.
    Av. Santa Fe, 4000
    Todos os dias
    Sempre aberto
    Entrada Gratuita
  • Palacio do Congresso Nacional
    Visitação na Câmara dos Deputados conforme horários abaixo. Importante chegar 15 minutos antes e dirigir-se à entrada da Avenida Rivadavia, 1864. Já no Senado, a entrada é pela Hipólito Yrigoyen, 1849
    Em estilo greco-romano, com 9 mil m² de área construída é um dos mais imponentes edifícios de BA. Sua arquitetura combina características de famosos pontos turísticos do mundo, como a quadriga puxada por 4 cavalos que remete ao Portão de Brandenburgo, em Berlim. O domo central tem 30 toneladas, ao estilo do Capitólio dos EUA. Em seu interior há belas estátuas, câmaras adornadas com bronze, piso de ladrilho alemão, detalhes de madeira espanhola e itens de mármore francês.
    Calle Hipólito Yrigoen, 1849
    Câmara 2ª a sábado. Senado 2ª a 6ª
    11h, 13h, 15h e 17h / 12h30 e 17h
    Entrada Gratuita

 

Top 10 – Feriado em Buenos Aires, Argentina

  1. Zoo Lujan
  2. Tango Porteño
  3. Jardín Japonés
  4. El Caminito e la Boca
  5. El Grand Ateneo
  6. Um passeio pela Recoleta: Floralis Generica e diversas praças da região
  7. Calle Florida e Galerias Pacífico
  8. Cafe Tortoni
  9. Obelisco e 9 de Julio
  10. Plaza de Mayo e arredores: Casa Rosada, Cabildo, Catedral Metropolitana…

Deu pra ver que mesmo viajando para um lugar tão pertinho, como Buenos Aires, com uma cultura tão latina como a nossa, dá para aprender e entender muita coisa desse povo. Então eu te convido a um desafio: na sua próxima viagem, viva o dia a dia de um local, conheça as histórias do seu povo, entenda as tradições e experimente estar nesse país. Não como um turismo, mas como um verdadeiro Mind the G4pper!

Nos vemos em breve…

Buen Viaje!


*valores em peso argentino